Ouça:

terça-feira, 24 de maio de 2011

Eu também fui no show do Paul McCartney

O André já falou aqui com muita propriedade que o show da turnê Up and Coming do Paul McCartney que ele viu no final do ano passado no Morumbi, em São Paulo, foi um dos melhores da vida dele. Podemos ler novamente o que ele disse aqui. Sobre esse show o Paulo colocou esse texto aqui, com um vídeo que alguém na platéia fez de Eleanor Rigby (fiquei arrepiado agora vendo esse vídeo...).

Os dois foram no show de domingo no Engenhão, que eu assisti quase inteiro pela internet e tive uma prévia do que veria na segunda (23 de maio). Que show! Que cara fantástico. Paul McCartney completará 69 anos no dia 18 de junho e, com essa idade, faz um show com mais de duas horas e meia de duração, pulando e correndo pelo grande palco durante todo o evento. Esbanja simpatia, canta uma música atrás da outra com precisão vocal impressionante. De arrepiar em vários momentos. E com direito à queima de fogos gigante em Live and Let Die.

Eu já comentei com alguns amigos que tem artista que faz músicas muito boas e até conseguem fazer uma ou outra daquelas que chamam de obra prima. E que isso já bastaria para ter seu nome na história da música. É o caso do Titãs com Marvin, por exemplo. Uma música sensacional de uma banda com músicas muito boas. Mas tem outros caras que são muito sinistros. Caras que passam a carreira inteira criando músicas sensacionais. Que podem fazer um show inteiro só de músicas absurdamente boas, daquelas de arrepiar. Eu, de cabeça, só lembro de dois. Chico Buarque e Paul McCartney. Nem são meus artistas favoritos. Fazia muito tempo que eu não botava nada do Paul pra ouvir no CD Player do meu carro. Mas não tem como negar que ele é genial e fez muita, mas muita música sensacional na vida.

Se o Medina quisesse fazer um Rock in Rio realmente inesquecível ele colocaria Chico e Paul no mesmo palco...

Um videozinho do show de ontem que já tá no Youtube.



E pra fechar, o setlist dos shows de domingo e de segunda:

Hello, Goodbye (domingo) | Magical mistery tour (segunda)
Jet
All my loving
Letting Go (domingo) | Coming up (segunda)
Drive My Car (domingo) | Got to get you into my life (segunda)
Sing the changes
Let me roll it
The long and winding road
Nineteen hundred and eighty five
Let 'em in
I’ve Just Seen a Face (domingo) | I'm looking through you (segunda)
And I love her
Blackbird
Here today
Dance tonight
Mrs. Vandebilt
Eleanor Rigby
Something
Band on the run
Ob-la-di, ob-la-da
Back in the USSR
I've got a feeling
Paperback writer
A day in the life / Give peace a chance
Let it be
Live and let die
Hey Jude

Primeiro bis
Day tripper
Lady Madonna
Get back (domingo) | I saw her standing there (segunda)

Segundo bis
Yesterday
Helter skelter
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (domingo) | Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band / The end (segunda)

De repente o André pinta aqui com um texto mais certinho sobre o show, as músicas, quais são da época dos Beatles, quais são do Wings, quais são dos discos solo e tal...

Nenhum comentário: