Ouça:

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Como foi: 28/8/2010, Baile Festim na Antiqua Sapore (Lançamento do CD!)



Tantos rostos familiares que nos acompanharam durante toda a nossa trajetória puderam ver esse show mais que especial: O de lançamento do nosso primeiro trabalho - "Amizade com Garçom". Muitos simpaticamente com a camisa da banda aliás. O ambiente da Antiqua Sapore foi mais que aconchegante para nós.

Claro que só não foi totalmente maravilhoso porque também foi o show de despedida do nosso Elvis soprador, Bernardo Aragão. O camarada já está na Irlanda estudando música (deve ficar uns dois anos por lá), mandou mensagens pra dizer que está vivo e tudo mais.

O DJ Folha mandou bala com o Festim Sound System do início ao fim. Acendeu o público pro show do Dona joana.

Ah, o Dona Joana...! O André já tinha mostrado o clipe da banda e eu já tinha curtido bastante. Muito swing, um estilo de cabaret num ritmo impressionante e coreografado despojadamente. O show deles foi muito bom mesmo, quem não foi perdeu muito. São mega competentes, contam com trompete, flauta, duzentas e quatorze vozes, teclado, guitarras e a cozinha firme.

O que faz abrir mais os olhos é que todos parecem tocar todos os instrumentos. Estão sempre trocando a cada música e mantinham sempre o ritmo do show. O baixo parou nas mãos até de uma das graciosas moçoilas de vocal de apoio.

Aliás, justamente essa graciosa moçoila é a Renata, amiga minha de infância, que eu não reconheci no clipe (via a tanto tempo que não sabia nem se estava no nosso país)! Minha última lembrança dela tinha sido algum encontro de gente do colégio, onde ela fez uma apresentação de dança contemporânea! Foi uma bela surpresa vê-la com banda e logo com uma banda tão bacana. Destaques para as coreografias em "Invisível Eu", a preocupação com figurino "a la cabaret" os arranjos muito bem feitos e claro, a calcinha do Wando da cantora que ela mostra orgulhosamente em cada show.

Mais pra frente eu posto sobre eles por aqui.

Nosso show veio logo em seguida, cheio de alegria e descontração. Um breve perrenguinho na guitarra do Marcos logo no início de "Sábio da Montanha" que não chegou a desanimar o público e tudo correu bem a partir daí. Fotos revelam danças de ula-ula, estaladas de dedo, rodinhas de ska e muitos sorrisos. É disso que o povo gosta :P

Tivemos a presença de um gringo sozinho perdido pela Lapa que ouviu o barulho no meio da Rua Gomes Freire e ficou até o fim curtindo como se não houvesse amanhã. Até comprou o nosso CD lá. Figuraça! Agora o som do Don Robalo é oficialmente internacional!

Ó o nosso setlist aí:

- One step beyond (Madness - a nossa versão foi em cima da versão deles)
- Sábio da montanha
- Incorrigível
- Pecado capital (Paulinho da Viola)
- Canção de vida própria
- Unchain my heart (Ray Charles)
- Deixe isso pra trás
- Coisas pequenas
- Caleidoscópio (Paralamas do Sucesso)
- Não quer dizer nada
- Devil in disguise (Elvis Presley)
- Algo aprendi
- Sem compromisso (Chico Buarque)
- Suspeito

O Don Robalo agradece a todos os presentes, todos que deram apoio e que estão sempre nos acompanhando. A banda agora está trabalhando para voltar aos palcos logo e com nova formação nos metais. Aguardem muitas boas novidades por aí!

Um comentário:

Walmir Chinelão Junior disse...

Eu estava lá! E foi muito maneiro!!! Sucesso pro ROBALÃO!