Ouça:

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Como foi: 21/5/2010, Festa Labirinto na The Maze




E aí povo! O Don Robalo anda tão ocupado com gravações que a gente acabou não postando logo aqui sobre o nosso último show! Bem, antes tarde do que mais tarde : )

Tivemos a oportunidade de tocar na favela da Tavares Bastos, um lugar que muitos achariam barra pesada (considerando que lá já passou até o Hulk! Pesada, Hulk, wacca wacca wacca), mas que é totalmente pacificada, tendo inclusive um quartel do BOPE. Aliás dizem que o quartel deve ser desligado lá e está rolando até uma apreensão dos moradores por conta disso. Pra nossa sorte conseguimos tocar antes que algo assim acontecesse.

A casa The Maze originalmente era um ateliê de um britânico que se apaixonou pelo Rio e pela vista da Tavares Bastos e acabou ficando por aqui. Foi o seu filho que acabou transformando numa casa de jazz, com um palquinho simpático, sofás e cadeiras, bar e um espaço para o público apreciar a vista que é realmente absurda. Coisa pra gringo nenhum botar defeito!

Dividimos o palco com o Heliodorus, que é uma banda bem divertida e com um vocalista bem excêntrico que durante o show ficava testando todas as combinações de roupa que ele levou. Quem não foi perdeu. Deu mole.

Depois nós entramos no palco, começamos o show com a mesma introdução (Ooone Step Beyoooooooooond...!) e setlist da outra vez e o público respondeu bem, dançou como se não houvesse amanhã e saiu feliz no final.

O setlist foi este:

- One step beyond (Madness - a nossa versão foi em cima da versão deles)
- Sábio da montanha
- Incorrigível
- Pecado capital (Paulinho da Viola)
- Canção de vida própria
- Unchain my heart (Ray Charles)
- Deixe isso pra trás
- Coisas pequenas
- Caleidoscópio (Paralamas do Sucesso)
- Não quer dizer nada
- Devil in disguise (Elvis Presley)
- Algo aprendi
- Sem compromisso (Chico Buarque)
- Suspeito

Nenhum comentário: