Ouça:

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

29/1 - Circo Voador - Orquestra Brasileira de Música Jamaicana, com abertura do Don Robalo



Aí está o primeiro show do Don Robalo em 2010: teremos a honra de pisar pela primeira vez no palco do Circo Voador, a casa dos melhores shows da cidade, para fazer a abertura do show da magnífica Orquestra Brasileira de Música Jamaicana.

Taí o serviço da parada. O Don Robalo vocês conhecem, o Circo Voador também. Então, abaixo eu farei aquele copy-paste bonito pra explicar o que é a Orquestra Brasileira de Música Jamaicana, aproveitando pra colar um vídeo do último show deles no Circo, em outubro do ano passado.

Sexta - 29/1 - Orquestra Brasileira de Música Jamaicana
Abertura: Don Robalo

Local: Circo Voador
Abertura dos portões: 21h
Início dos shows: 22h

Ingressos:
R$20 - meia, com carteira de estudante
R$40 - inteira




Sucesso na última edição da MoLA (Mostra Livre de Artes) do Circo Voador, a Orquestra Brasileira de Música Jamaicana volta à lona mais colorida e animada da Lapa. Com clássicos da música brasileira no formato ska, como O Guarani, eles prometem um show para lá de dançante. Para agitar ainda mais a noite, os DJs da festa Bangarang, especializados em música jamaicana dos anos 60, e a banda-promessa Don Robalo (somos nós!), que navega pelos mesmos sons.

A Orquestra Brasileira de Musica Jamaicana foi idealizada pelo músico e produtor Sérgio Soffiatti e pelo trompetista Felippe Pipeta, em 2005. Mas só em 2008 eles puseram em prática essa maravilhosa ideia. Inicial a proposta era tocar música jamaicana de raiz: ska, rocksteady e early reggae. Mas logo veio a vontade de visitar clássicos da música brasileira nesses estilos. Esse é na verdade o primeiro projeto da OBMJ, que pretende trazer surpresas no decorrer da sua existência.

Aproveitando o cinquentenário da Bossa Nova, por exemplo, foram incluídos no repertório vários clássicos, como Águas de março, Barquinho, Samba de verão, e Garota de Ipanema. Pérolas que podem surgir misturadas ao clássico Ghost Town, entre outras, por exemplo. O jazz presente nas harmonias e improvisos faz com que a execução dessas composições nos ritmos de ska e reggae aconteçaa com muita naturalidade.

Mesmo com esse set de música brasileira, a Orquestra não deixa de apresentar já sua primeira composição original, Ska around the nation. Um tema que remete ao ska dos anos 60, com improvisos de quase todos os músicos. Muitas outras composições surgem para permear o show da OBMJ, que promete colocar todo mundo pra dançar.

A banda conta com Ruben Marley (trombone), Marcelo Cotarelli (trompete e flugel), Fernando Bastos (sax tenor e flauta) e Igor Thomaz no sax barítono e alto, Fabio Luchs na bateria, Rafael Toloi no Baixo, Lulu Camargo nos teclados, além de Pipeta no trompete e flugel e Sérgio Soffiatti nas guitarras e vocais.

Nenhum comentário: