Ouça:

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Tosco

O Prêmio Multishow, pra mim, sempre foi uma parada engraçada por ter todas as suas categorias decididas pelo voto do público. Quer dizer: o prêmio é não pra qualidade, mas pra popularidade. Até um tempo atrás, eu dizia que era mais fácil dar logo os prêmios pra quem tivesse vendido mais disco. Como hoje em dia essa medida de popularidade caiu em desuso, de repente o Prêmio Multishow passou a fazer mais sentido. Talvez.

Mas é engraçado ver os artistas que ganham comemorando aquilo como se fosse uma demonstração espontânea de reconhecimento e carinho de seus fãs e depois descobrir o tipo de coisa que eles fazem pra correr atrás da estatueta (ou seja lá o que forem entregar pros caras em cima do palco lá na cerimônia). O Skank, por exemplo, tá fazendo via Twitter uma promo que é um leilão de um kit oficial da banda, com camisa, munhequeira e palhetas. Mas não é um leilão de dinheiro, e sim de votos pro Prêmio Multishow! Quem for mais pateta de ficar votando sem parar no Skank lá no site do Multishow, ganha o agrado.

Será possível que depois de sei lá quantos anos de carreira o Skank ainda precisa desse tipo de coisa?

Nenhum comentário: